27 novembro 2012

Saudades

Desde que entrei naquele local, mal olhei para ti nunca julguei que um dia iria partilhar tanto que é meu. 
Depois sai e perdi-te, ainda fomos encontrando mas com o passar do tempo foi desvanecendo as palavras o convívio.
É certo que a culpa é minha, porque o meu orgulho falou mais alto e ainda tentaste mudar as coisas, mesmo assim continua-se no silencio esta amizade. Apesar disto ainda vou deixando marcas para não te perder por completo. 

6 comentários:

  1. O orgulho por vezes atrapalha um bocadinho. Por vezes é preciso perceber o que é importante para nós e ver se o orgulho não estará ali a mais... ;)

    P.S.- Gosto muito da música.

    ResponderEliminar
  2. Marcas como? Vais-lhe mijando nos pneus do carro, como os cães, pa deixares a tua marca? ahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
  3. O comentário de cima é realmente inteligente. Mas sim, ralmente o orgulho é lixado mas sabes que mais, é a única coisa que levas contigo para a cova, porque tudo o resto, fica.

    ResponderEliminar

Diz algo