22 abril 2011

Eu aqui me confesso

Já beijei uma gaja.
Sim, foi numa aposta, para ela beijar o meu colega, tive que lhe beijar.
Também já não estava no meu perfeito juízo.
Uma casa, três gajas e um gajo, num jantar, com muita bebida a volta tinha que dar em alguma coisa.
Mas, não sou lésbica.
Gosto por demais de homens.
Mas, repeti a dose, só com ela é claro. 
Agora ficaram confusas ao ler isto: e perguntam  vocês:
Se serei Bi??
Eu respondo:
Não, sei o que realmente gosto.
Perguntam vocês outra vez:
Será que está confusa e não sabe do que realmente gosta?
Eu respondo outra vez:
Nada disso, só um homem consegue "mexer" comigo.
Aquilo foi só para passar o tempo.
Por isso minha querias beber com moderação.
Agora pergunto eu a vocês:
Quem já cometeu uma loucura numa noite de bebedeira?
Quem já beijou uma pessoa do mesmo sexo?
Pois, neste momento submetem ao silencio para não serem ridicularizadas, como estão a fazer isso sobre mim!
Sou ridícula? Não sei.Falta-me "parafusos" na cabeça? É provável. Quando era miúda batia muitas vezes com a cabeça nas paredes.
Mas gosto de viver a vida com limites como sem limites.
Há que aproveitar todos os bocados que a vida proporciona,
Afinal a vida são 2 dias não é isso!.

15 comentários:

  1. Gosto da sinceridade e do à-vontade. :D
    As minhas loucuras não passam por isso. Mas não tenho nenhum preconceito, cada um é livre de ser como é e de viver como quer!

    ResponderEliminar
  2. Já beijei uma gaja, aliás, mais do que uma, não tenho problemas em dizer isso. Mas tal como tu não sou lésbica, porque acho que não me apaixonaria por uma mulher.

    ResponderEliminar
  3. Sofia: Obrigada de coração.
    Infelizmente nem todos pensam assim,optam para colocar um rotulo na pessoa e gozar.
    Sim sou sincera, e um dos meus defeitos ou qualidades.
    Criei este blog não foi para fugir da minha realidade, mas sim contar o que se passa comigo.
    Até que pode coincidir com alguém daqui da blogosfera.

    ResponderEliminar
  4. Andreiazita: Foi só para matar a curiosidade que tinha e então aproveitei o lance.:)

    ResponderEliminar
  5. na primário era comum os beijinhos lol. mas já fui beijada sem esperar!!! é daquelas experiências que não me dá para repetir mas não tenho nada contra quem o faça. quantas vezes as mulheres não beijam homens sem os amarem! a única diferença é que neste caso foi outra rapariga.

    bjokas

    ResponderEliminar
  6. Também já beijei mais do que uma rapariga. Mas não foi nada de especial. Acho que foi uma daquelas fazes de "experimentação".. E não tirei dai a conclusão de que era heterossexual, porque isso já sabia. lol

    ResponderEliminar
  7. É isso mesmo! Gostei da tua atitude, afinal a vida só dá gosto quando é feita de riscos e desafios :)

    ResponderEliminar
  8. "Criei este blog não foi para fugir da minha realidade, mas sim contar o que se passa comigo"
    Estou totalmente de acordo contigo. Eu faço o memso do meu. Não te julgo. Pois Tenho a mente muito aberta em relação a esse assunto. Acho uma coisa normal. E depois de uma bebedeira... Tudo pode acontecer. Amei a tua sinceridade...

    ResponderEliminar
  9. E quem te rotula provavelmente tem muitos esqueletos no armário :P
    É assim, as minhas loucuras também não passaram por isso...não tenho nada contra (nem tenho de ter), cada um sabe de si ;)*

    ResponderEliminar
  10. Siceramente: Ofereceste voluntariamente?:P

    ResponderEliminar
  11. Como tu disseste são dois dias da tua vida. Faz parte de todos nós termos as nossas loucuras de vez em quando. O importante é não fazermos nada que nos póssamos arrepender, de resto é tudo tranquilo! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  12. Uhm... já dei um simples beijo sem língua a uma amiga e não estava com os copos.
    Em relação à questão "Quem já cometeu uma loucura numa noite de bebedeira?"... bem, eu já cometi uma loucura e não precisei de estar bêbeda, mas agora quando ia para escrever fiquei envergonhada :p

    ResponderEliminar

Diz algo